sexta-feira, 13 de março de 2009

Sexta feira treze



Post retirado a pedido da minha amiga BRANCA que
sabiamente nos vai ensinando a ser calmos, caridosos
e melhores pessoas, valorizando o que realmente
tem algum valor….

Rosas para ti, Branca

9 comentários:

Ovinho Estrela(do) disse...

Sabe,o problema não é sempre as pessoas alimentarem-se das intrigas, maldicências, boatos e blás blás do género.

Muitas vezes, o problema é criarem-se vítimas a partir da falta de gestão e controlo relacionados com os movimentos articulados entre lábios, dentes e língua: falar demais.

Ninguém gosta de ser "tramado". Mas que nos tramam, tramam.

Estas suas palavras foram minhas há alguns meses.

Sabe o que fiz? Pus-me a ver ao longe.
Não demorei 24 horas a perceber quem caluniava ou quem deixava de caluniar.

Deitei-me com um sapo entalado na garganta. Ou com rãs, o que importa? E, ao contrário de si, perdi o sono. Contudo, jamais a beleza do meu acordar!!
Mas também lhe digo: foi só mesmo nessa noite. Acredito vivamente que mais horas de sono deve ter perdido, depois, quem me afectou, atingindo e envolvendo terceiros.
A esses continuei a dar-lhes, afinal, toda a minha plena e total confiança.

Comigo a máquina da intriga funciona ao contrário. Habitualmente, viro o bico do prego contra o intriguista. Jamais contra os terceiros. E isso é que quase nunca ninguém espera.

Falando de teatro, que é o seu ramo, é como se, metaforicamente, eu lhe dissesse que se não gosto de uma peça, desanco nos actores e atrizes. Jamais no produtor, encenador, revisor e muito menos no gajo que vende as pipocas.


Tenha, pois, um acordar maravilhoso e cheio de beleza, amanhã. Que o merece.

Beijo e fique muito bem.

*

Brancamar disse...

Hiiii! Cheguei agora aqui e o que para aqui vai...!
Venho eu cansadita de trabalhar no ginásio, a fazer horas extraordinárias e vejo estas unhas afiadas...esta noite ou este dia não correu bem.
Se as m...não valem nada, não valem mesmo.
Dorme descansadinha.
Beijinhos.
Branca

Observador disse...

Nails...
Blue nails...

Tanta coisa podia ser dita em redor do assunto.
Não das unhas mas do texto.
Mas ... dizer o quê?
Acordei com a telha!

Amiga Albertina, deixo apenas uma pergunta.
O sapo que estava entalado na garganta tinha, ao menos, ADSL?

Beijinho

Graça Lopes disse...

Uiiiiiii, o que aqui vai! Vou sair de mansinho antes que me caia algum sapo em cima! Das unhas não tenho medo e da sexta-feira treze muito menos. (a verdade é que não percebo nada do que se está a passar, hihihi)
Beijinho

Carecaloira disse...

Ontem estava tão bem disposta, que bicho lhe mordeu???

Adorei a surpresa. Muito, muito obrigada.

Agora durma, que amanhã é um novo dia, o sol volta a nascer, e essa "gentinha" já deve ter ido dar uma volta, espera-se!!!

Beijoca
Marina


PS. Atenção é aquelas que julgam as outras de intriguistas e no fim elas é que estão a fazer as intrigas, essas são as falsas...

Linda disse...

Belita!!!

Tanta coisa que poderia ser dita... mas vou brincar.
Olha lá foste dormir com o sapo? E de manhã acordaste com o príncipe? É que sendo assim até vale a pena.
Não canses a tua beleza.

Beijinhos
Linda

cmykismybestfriend disse...

mimi para a proxima fala cmg sobre isso e ja sou antipatica de qualquer modo assim vou a leiria bater a essas pessoas
o que vai ser muito agradavel para mim primeiro porque adoro ser má e segundo porque detesto esse tipo de coisas
tenho dito

fidalgo disse...

MAS QUE SENSATO GESTO! Estás a ouvir os aplausos?...Não?...Concentra-te que os ouves.

Brancamar disse...

Belita,

Não te pedi tanto!
Deixaste-me sem jeito. O que disse no post seguinte era apenas uma reacção meia brincalhona, meia a sério porque mal fui abrir a caixa de comentários fui obrigada a ver aquelas "unhacas" horrorosas que não tens. Mas, adorei a rosa, é bem mais bonita, cheguei e a surpresa foi total por ver que o teu sítio estava de repente transformado num jardim. O texto também é mais bonito que o anterior,ahahah, mas não sou assim tanto como dizes, olha que não, só me habituei a não ferver em pouca água.
Obrigada pelas palavras.
Beijinhos.