terça-feira, 2 de setembro de 2008

As minhas Artes

Neste post vou homenagear três dos meus artistas preferidos: A minha mãe - Milú Ramos - que me ensinou a gostar de poesia e que escreve sobre a "sua" África como ninguém. O meu amigo Carlos Pinto Coelho que, para mim, tem a rara capacidade de fotografar almas (mesmo que ele diga que são pessoas...). O Varatojo, amigo de longa data, que há poucos anos descobriu que sabia pintar e consegue fazê-lo de uma forma estranha - pinta movimento, emoções e musicalidade, sem desenhar uma única figura nítida...
***
Foto retirada do site http://www.acontece.net/


A Ti, Negra


A terra raivosa e quente morde-te os pés...

O Sol beija-te os ombros e o colo…

E o teu sacho desce, indolente,às raízes do solo.

Lavras de mandioqueiras!

Como tu, selvagens...livres...trigueiras...

Negra!

Oh! Negra,que pelas lavras te perdes!...

Porque não nasceste verde?

Porque não nasceste verde?!





Foto retirada do site http://varatojoblog.blogspot.com/


Espero que gostem!

21 comentários:

Ovinho Estrelado disse...

Querida albertina, tia mailinda...

Obviamente que toda a sua postura e riqueza interiores tinham de ter um background enriquecedor.

dou-lhe os parabéns pelas pessoas maravilhosas que a rodeiam, nomes que faço questão de passar a conhecer melhor.
Uma boa consulta no google penso que me poderá ajudar... e, assim, ficarei mais rica também.

É o que aprecio na amizade: a partilha de carinhos e saberes.

Beijo imenso para si, querida.

*

OBSERVADOR disse...

Round around the world, my dear Albertina.

I've liked this post.

Save a kiss, please.

paula simoes disse...

olá Albertina

bonita homenagem a essa pessoas que a rodeiam

beijinhos de uma noite feliz

beijinhos do tamanho do Mundo

Carecaloira disse...

Tia,

adorei a sua homenagem, o post está maravilhoso.

Beijoca grande
Marina

Brancamar disse...

Albertina adorei reler o poema de sua m�e, parece que lhe deu mais vida ainda com as imagens de outros amigos.
Tinha guardado e tenho todos os que me enviou, descobri mais coisas no site do seu tio, mas agora que tem blog, claro que n�o vou publicar mais nenhum. Ficam todos para si e aqui se viu que embora os poemas de sua m�e sejam j� por si um manancial de vida e c�r a filha sabe ilustr�-los como ningu�m.
Grandes artistas, os tr�s.
Beijinhos
Branca

elvira carvalho disse...

Lindo o poema da sua mãe.Sabe que ando sempre pesquisando sobre poesia porque tenho um blog só de poesia no feminino? E muito bonito o quadro do seu amigo.
Passe um dia pelo
http://amulhereapoesia.blogspot.com
Tenho a certeza que vai gostar.
Um abraço

DANI disse...

Impossível não gostar!!!

O quadro é simplesmente fabuloso.

Vou seguir os passos do ovinho, para os conhecer também.

Bjs

Linda disse...

Albertina !!!

Que lindo post!!!
Consegue me comover, já conhecia alguns poemas da sua mãe( blog da Branca).Agora vou esperar por mais!
Beijinhos
Linda

Brancamar disse...

Venho deixar um beijinho e a minha amizade, sempre.
Branca

Lisa disse...

Estes post "transpira" emoção!!!
Adorei!!!
Linda homenagem!!!

Beijinho

Lisa

Registos ao Acaso disse...

Belita,

Que agradável surpresa eu tive, ao deambular pelo espaço virtual!
Para começo, está excelente este seu "cantinho"...
Irei ser um visitante assíduo.

Um abraço,
Carlos

fj disse...

Boa noite, Albertina.
foi pela mão da sua sobrinha ovo estrelado que aqui vim parar, pelo muito bem que me falou do seu blog.
Vou conhecê-lo agora, com todo o gosto.
Um abraço

Fj

paula simoes disse...

olá Albertina

só passei para lhe desejar uma noite muito feliz

beijinhos do tamnho do Mundo

Graça Lopes disse...

passo, apressadinha para deixar um beijinho à "filha da MILÚ"
Adorei!

Albertina disse...

E como já cá estão 14 comentários, é melhor eu responder aos meus queridos comentadores, sob pena de deixarem de me visitar...

Ovinho: Tens razão. O facto de trabalhar com arte e cultura, tem-me proporcionado conhecer gente muito interessante... mas também nos blogs isso acontece (ex: o clube das tias!)

Observador: Eu sabia que ía gostar... este post foi mesmo pensado para pessoas com uma certa sensibilidade...

Paula Simões: Obrigada pelas visitas assíduas, pelos elogios e pelos beijinhos...

Marina: Obrigada por tudo. Ainda hei-de fazer um post sobre pessoas lindas como tu!

Branca: Tal como o Observador, eu sabia que este post ía ser do seu agrado. Mas pode continuar a usar as poesias da minha mãe (os poetas são do povo)...e assim ela é mais lida - e merece!

Elvira: Obrigada pelo elogio e pela dica. Irei lá certamente!

Dani: Isso, vai aos sites dos dois artistas que publiquei e delicia-te com a verdadeira arte!

Linda: Com o teu coração grande é fácil comover-te... Mas sim, hei-de publicar mais umas coisas dela e de outros artistas que conheço.

Lisa: É isso aí! Emoção (é o que qualquer tipo de arte deve provocar)... Goza-a!

Carlos: Que bom ter-me vindo visitar! Espero-o mais vezes (e de preferência com a identidade de blogger activa - o seu blog é muto bom - aliás está aqui nos meus amiguinhos...)

Fj: se foi pela mão da minha sobrinha querida, veio muito bem! Volte sempre que a porta está só no trinco.

Graça: Gosto de ser a "filha da Milú" porque ela é uma grande Mãe... Obrigada pela visita.


E a todos os que comentaram (e novamente àqueles que só espreitam e não têm coragem de comentar, muitos beijos da

Albertina - Belita - Mimi (conforme vos apetecer - sendo que o último é só das minhas filhas...)

paula simoes disse...

olá Albertina

passo para lhe esejar um beijinho de um bom fim de semana
obrigada por eu fazer parte dos seus amiguinhos

beijinhos do tamanho do Mundo

O Profeta disse...

Onde acaba a terra e começa o Mar
Há um lugar onde vive a ilusão
Repousa na madrepérola das conchas
Com a forma de um coração

Onde as giestas se agarram à areia
Onde as pedras têm diadema de algas
Onde o Mar conta histórias longínquas
Onde as vagas soltam distantes mágoas


Bom domingo



Mágico beijo

paula simoes disse...

olá Albertina

desejo-lhe uma boa semana cheia de FORÇA e CORAGEM
nós estamos todas por aqui
um xi coração

beijinhos do tamanho do Mundo

Lisa disse...

Amiga,

Hoje deixo-lhe aqui duas frase (a primeira é de um autor desconhecido), que gosto muito:

"Uma alegria partilhada transforma-se numa dupla alegria; uma tristeza partilhada em meia tristeza".

Jamais desesperes, mesmo perante as mais sombrias aflições de sua vida, pois das nuvens mais negras cai água límpida e fecunda.
(Provérbio chinês)

Beijinhos e boa semana de trabalho.

Lisa

DANI disse...

Olá Tia Albertina,

Gostaria de lhe dizer que foi optimo ter estado à conversa com as tias e primas.

Sei que não está a ser fácil esta batalha, mas lembre-se:
"que mesmo que a vida lhe dê 1000 razões para chorar, mostre-lhe que tem 1001 razões para sorrir"

Um beijinhos

Ferrazini disse...

Pronto. Já aqui estive por uns breves momentos. Hei-de voltar, com mais vagar e afiado sentido crítico, vasculhando tudo de fio a pavio... Porém, desde já te digo que o teu Blog me surpreendeu e me deixou uma excelente impressão. Francamente, gostei. Ficas proibida de parar! Um beijo do
Tio Bucho