segunda-feira, 22 de setembro de 2008

Leiria - minha cidade

Já ando há uns tempos para escrever alguma coisa sobre Leiria, que não sendo a minha terra natal, me acolheu há 33 anos e, se Deus quiser, me há-de aturar outros tantos!...
Já pensei escrever sobre a História de Leiria, o Lis, a Rainha Santa Isabel, os usos e costumes..., enfim, Leiria tem pano para mangas e quando não houver imaginação para mais, abordarei um desses temas...
Hoje falarei da Fonte Luminosa. É um grupo escultórico da autoria de Lagoa Henriques, que representa a união do Lis (rio que atravessa Leiria) com o Lena (seu afluente). A sua inauguração data de 1973 e, na época, foi considerado um monumento muito "ousado" (o escultor até teve que reduzir a dimensão de determinado membro que ofendia a moral de então)...
Há dois dias atrás, alguém com a mesma opinião, vestiu cuecas à nossa Fonte Luminosa... Só que não tapou as "partes pudibundas" mas sim os rostos dos pobres Lis e Lena... Arte? Contestação? Puro vandalismo? Diversão? - Ninguém o saberá... mas o fotógrafo captou o momento!...

E aqui estão, meus amigos, dois icones da minha Cidade - o Castelo e a Fonte Luminosa (decorada)...


(esta foto chegou-me às mãos através de um anónimo que eu conheço e que nem que me matem digo quem foi!)

17 comentários:

cmykismybestfriend disse...

eu sei quem foi

Primogénita disse...

Se essa fonte falasse...

paula simoes disse...

olá Albertina

até que emfim consigo entrar a porta estava bem trancada

Leiria uma cidade bonita vasta o Santuario de Fátima pertencer á cidade de Leiria

uma boa semana de trabalho

beijinhos do tamanho do Mundo

Ovinho Estrelado disse...

Olá, tia!

Pois eu tenho para mim que foi arte. Arte da minha. Ou seja, grande e subtil crítica aos púdicos da sociedade de Leiria. Não podem ver nem ouvir de tudo que se escandalizam. Serão os piores. Daí as partes púdicas se manterem ao léu.

Falsos moralistas. Foi para esses a "arte"!

Digo eu... Que ando sem a mínima paciência, ultimamente, para gente que se diz andar por bem.

Beijo imenso.

Linda disse...

Querida Albertina!!!

Peço perdão!
Tantas vezes vou a Leiria e nunca reparei na fonte Luminosa ( coisa de loiras).
Também nunca foi muito boa a História (nota-se)...
O meu problema é ir sempre a correr, com pouco tempo e confesso que conheço mal a tua ( já é) terra.
Pelos visto vou ficar a conhecer Leiria aqui...
Beijinhos
Linda

P.S. Então não é que a minha filha conhece a Fifi?
Ela vai ao blog dela muitas vezes só que nunca tinha comentado, faz parte dos favoritos dela.
Como o mundo (Blogofera) é pequena...

Anónimo disse...

como é que é poxíel uma mãe de família ter o desplante, a falta de dexência, para publicar uma fotografia assim. ajjjja dexxencia!!... Tapai as partes mais xalientesxx!!!...



"pro-virús"

jorge henriques disse...

Olá Albertina, a "sua" terra já conheço há alguns anitos.pois desde muito miudo que todos os anos ia passar férias no verâo a uma aldeia perto de Arganil e passava de carro por Leiria ,ainda a estrada nº1 LISBOA /PORTO passava pelo centro da cidade , já lá vâo uns anitos POXA....no tempo em que os animais falavam!!!!!!!!
Já agora essa fonte luminosa nâo se chama fonte grande ou carrancas?
beijocas e boa semana de trabalho
jorge henriques

Brancamar disse...

Olá Albertina,

Ontem adormeci mais uma vez, a idade não perdoa mesmo...mas cá estou para dizer d minha justiça.
Adoro Leiria, embora não vá por aí há muito, mas visitava-a quando fazia férias em S. Pedro de Moel.
O Castelo é um dos mais bonitos que conheço, aliás não conheço outro que tenha uma parte apalaçada e zonas tão frescas e verdejantes na entrada se bem me lembro.
Quanto à Fonte Luminosa, são assim algumas pessoas um pouco por todo o lado, tão moralistas para o que não devem ser e tão pouco moralistas na falta de respeito para com os outros...neste caso para com a arte, o património e tudo que é espaço público.
Gostava de me expressar mais prolongadamente, mas teve que ser numa fugidinha. Agora vou continuar o trabalhinho.
Beijinhos
Branca

OBSERVADOR disse...

A menina já tem uma caçadeira de canos serrados apontada à cabeça.
Ou diz de quem é a fotografia ou ... pummmmmmm!!!!!!

Adoro Leiria.

Carecaloira disse...

Tia Albertina,

neste momento não me apraz dizer nada sobre Leiria, mas gosto dessa cidade.
(quem diz a verdade não merece castigo)

Beijoca grande
Marina

sofia disse...

Boas
Tinha uma certa graça vêr quem teve a ideia luminosa tb andar assim na rua ,e se pegasse moda ainda teria mais graça,nesse caso até Leiria teria mais encanto...
O pessoal nu de cuequita na cabeça é do melhor,e com o frio...é bem fixe!!!

Lisa disse...

Olá tia Albertina!

Tenho tentado, mas não conseguia deixar comentário, até que hoje a coisa deu-se.

Gosto de Leiria, mas já há muito que lá não vou. Não conhecia essa fonte, mas estou quase coma a minha prima ovinho, essa obra de arte deve ser uma chamada de atenção, para deixarem-se de falsos moralismos.

Beijinho

Lisa

P.S. ahh, já lhe disse hoje que gosto muito de si Titi linda?

Graça Lopes disse...

Olá Albertina
Leiria faz parte do meu imaginário de miúda e adolescente, das visitas de estudo, das férias em Vieira de Leiria, tudo isso já há alguuuns anos! Agora com a auto-estrada resta o castelo para ver ao longe! Este post deu-me vontade de voltar para ver Leiria com outros olhos!
Qualquer dia vou ver a fonte luminosa!
Beijinhos luminosos para si e para as filhotas.

Pitanga disse...

Trocava a "cidade" onde me encontro, neste momento, por Leiria sem o mínimo de hesitação.
Tava-me mesmo a apetecer tomar uma bica num dos cafés da Praça Rodrigues Lobo...
Bjs

elvira carvalho disse...

Pois, já passei montes de vezes por Leiria. Quando trabalhava passei várias vezes, em trabalho e ultimamente sempre a caminho do norte.O que lamento é que não me lembro de ter parado nunca lá, nem se quer para uma bica.
Logo não fui eu...
Um abraço

Albertina disse...

Recomentando:

- fifi: diz-se o pecado mas não o pecador...

- ana: nem queremos saber!...

- paula: a minha porta está sempre aberta para si... como é uma casa velha não deve ter empurrado a porta com força!

-ovinho: claro que foi arte! e espero que a tua falta de paciência não inclua esta tua velha tia...

-linda: estou à tua espera em Leiria e prometo mostrar-te a fonte "em pormenor"...

-pro-virus: não falo com anónimos!

-jorge: tem que vir cá para lhe mostrar Leiria... as fontes de que fala são outras duas que não esta!

-branca: pois é... só nos resta brincar com estas coisas sérias... e realmente o Castelo é lindíssimo!

-observador: credo! com tanta ameaça já me parece o anti-virus!

-marina: e dizes muito bem! pouco, mas bom! boa sorte para sábado!

-sofia: isso é que são ideias luminosas... o que andas a beber às escondidas?

-lisa: gostas de mim tanto como eu gosto de ti?

-graça: pois venha de lá essa visita! cicerone já tem...

-pitanga: no café do zé da carroça? com a "vaca" e a "bezerra" na mesa ao lado?... saudades...

-elvira: então tem alibi... mas é pena nunca ter parado em Leiria... ainda está a tempo!

E, se não me esqueci de ninguém..., estão todos respondidos!
Resta-me mandar beijos e abraços para todos e desejar que continuem a visitar-me...

Linda disse...

Bom fim de semana Amigonaaaaaaaa

Beijinhos

Linda