terça-feira, 11 de novembro de 2008

11 de Novembro

Embora esta data, para a maioria das pessoas, lembre o S. Martinho e as suas castanhas... a mim não pode deixar de me recordar Angola. A 11 de Novembro de 1975 Angola foi declarada independente. Não quero aqui discutir, nem sequer emitir a minha opinião, sobre as vantagens e desvantagens dessa independência. Lembrei-me, simplesmente, de Angola. Da minha infancia e adolescência (vim para Portugal com 16 anos).


Esta foto, tirada nos anos 60, é do colégio onde fiz o 5º ano antigo...- o famoso e rigoroso Colégio Negage. Eu sou uma das saias curtas da esquerda... à direita estavam os meninos (que misturas não havia!) e ao centro o leque de professores (padres e freiras na sua maioria), sendo que o senhor de fato preto era o director - o (então) terrível Dr. Carvalhosa!!!

Felizmente quase todos os alunos e professores (incluindo o director) ainda estão vivos e vamos mantendo contacto através de sites específicos e com a organização de um almoço anual...

Hoje, 11 de Novembro, lembrei-me de Angola, do meu colégio, do Dr. Carvalhosa...

O que é bom, não se esquece!

11 comentários:

Linda disse...

Albertina,
que bom quando se tem boas recordações!!!

Beijinhos

Linda

fidalgo disse...

é a segunda vez que te vejo de minisaia...

paula disse...

recordar é viver...
beijinhos de luz

OBSERVADOR disse...

Mini saia?
Onde, onde?
Ah, aquela ali...

Recuerdos, Albertina.

E se são bons, deixai-os fluir.

Ovinho Estrelado disse...

ah pois.
Meninos ali e meninas além.
Mas os padres e as freiras misturavam-se!!!
Bem os vejo na foto em posição alternada.
Lá está...

Deixo um beijo pq estou com pressa, já cá não vinha há imenso tempo - injusta eu sei - e pq o tema do dito me causa comichão. e como estou hoje com um feitio horrível de trazer por casa, aproveito para comentar blogs como deve ser, ou seja, como eu gosto: dizer verdades.

Beijooooooooooooo

(Espero que tudo esteja bem. Consigo e com as suas meninas...)

paula simoes disse...

olá Albertina

obrigada pelo apoio e carinho que me deu no meu cantinho
que tenha um domingo cheio de sol

e recorde porque recordar é viver

beijinhos do tamanho do Mundo

Vieira Calado disse...

Uma excelente ocasião para comemorar com castanhas e água-pé!
Eu, por acaso, só bebo whisky...
e vinho!

Desejo-lhe um óptimo Domingo.

Brancamar disse...

Eu achava que tinha aqui deixado um comentário de sexta para sábado de madrugada, é que adormeci cedinho e a meio da noite deu-me para vir visitar duas ou três casinhas. Conclusão: já é a segunda em que não vejo nada, seria melhor ter-me deitado outra vez, não devia estar com as faculdades a 100%.
Mas até me lembro do texto e tudo. Falava de como foi importante para mim o 11 de Novembro de 1975, foi nesse dia que comecei a trabalhar a primeira vez e portanto nunca me vou esquecer da independência de Angola.
Como vês também associo por simpatia o dia 11 de Novembro a esse país, até porque para além de tudo vivia muito intensamente todos os acontecimenbtos da época. Era uma jovem com 20 anos e cheia de sonhos sociais e políticos. Todos sofremos algumas desilusões pelo caminho, mas vamos lutando por dias melhores.
Beijinhos.
Branca

elvira carvalho disse...

Lembrei-me do S. Martinho. Lembrei-me de Angola, eu estava no colégio Marista em Luanda, era empregada na secretaria. E lembrei-me que fez 90 anos, precisamente a 11 de Novembro que foi assinada a paz que pôs fim à primeira grande guerra.
Um abraço grande e saudoso.
Boa semana

Lisa disse...

O que é bom não se esquece e recordar é viver.
Gostei de saber mais de si!

Boa semana de trabalho para a Tiamailindadomeucoração!

Beijinhos

Lisa

Pitanga disse...

Pois é, Belita, eu preferi mesmo lembrar-me das castanhas...

Bjs
Carlos